Submarinos do Brasil

  Porta-Aviões

 <<Voltar
Porta-Aviões

ITÁLIA

PORTA-AVIõES DE ESQUADRA

O AQUILA era conversão de um mercante de 28.300 toneladas. Foi totalmente reformado em 1941/43 com colocação de maquinaria de cruzador e redesenho do casco. Alcançaria 30 nós e transportaria 51 aviões. Ainda no estaleiro em Gênova, foi tomado pelos alemães quando da rendição italiana em setembro de 1943. Sabotado pelos italianos para não ser usado pelos alemães, foi bombardeado pelos aliados em 16.06.44. O SPARVIERO era uma conversão menos extensiva de um mercante menor, iniciada em 1942 e paralisada na rendição italiana. Foi afundado no cais em Gênova pelos alemães em 05.10.44. Inexistem dados sobre seu desempenho e capacidade.


NavioObservações
AQUILAEx mercante ROMA. Não completado 1943
SPARVIEROEx mercante AUGUSTUS. Não completado 1943

TENDER DE HIDROAVIõES

O tender EUROPA era conversão de um mercante de 6.400 toneladas de deslocamento, fazia 12,2 nós e transportava 8 hidroaviões ou aviões terrestres. O GIUSEPPE MIRAGLIA era conversão completa de um cargueiro de 4.880 toneladas que fazia 21 nós e transportava 20 hidroaviões. Equipado com hangar, convés para as aeronaves e catapultas na proa e na popa.



NavioObservações
NavioObservações
EUROPA1915. Ex mercante QUARTO, ex SALACIA , ex MANILA. Retirado em 1920
GIUSEPPE MIRAGLIA1927. Ex CITTÁ DI MESSINA. Retirado em 1943

CRUZADOR PORTA-AVIõES

O BOLSANO era um cruzador pesado lançado em 1933, que foi muito avariado por torpedos do submarino HMS Unbroken em 1942. Deslocava 15.000 toneladas a plena carga, fazia 25 nós e transportaria 12 aviões. Como escolta de comboios, lançarias suas aeronaves mediante uma catapulta na proa que teriam que aterrissar em terra, visto inexistir previsão para um convés de aterrissagem no navio. Foi tomado pelos alemães em setembro de 1943, sabotado e afundado pelos italianos em 21.06.44.

CRUZADORES PORTA HELICÓPTEROS

Os dois cruzadores porta-helicópteros da classe Andrea Doria deslocavam 6.500 toneladas a plena carga, alcançavam 30 nos e transportavam 4 helicópteros leves anti-submarinos. Um terceiro barco: ENRICO DANDOLO foi cancelado em favor do VITTORIO VENETO.

Os barcos da classe Vittorio Veneto são maiores, deslocam 8.850 toneladas carregado, fazem 30,5 nós e transportam 9 helicópteros anti-submarinos.

Indicativo
IndicativoNavioObservações
NavioObservações
C553ANDREA DORIA1964. Classe Andrea Doria. Retirado em 1991
C554CAIO DUILIO1964. Classe Andrea Doria. Retirado em 1992
C550VITTORIO VENETO1968. Classe Vittorio Veneto
 GARIBALDI1969. Classe Vittorio Veneto

PORTA AVIõES DE DECOLAGEM VERTICAL

O GIUSEPPE GARIBALDI foi construído como cruzador porta-helicópteros anti-submarino, depois modificado com uma rampa inclinada de decolagem para operar aviões Sea Harrier de decolagem vertical. Desloca 10.000 toneladas, atinge 30 nós e transporta 6 aviões Sea Harrier e oito helicópteros anti-submarinos Sikorsky SH-3 Sea King. O LUIGI EINAUDI está planejado para ser lançado em 2007.



IndicativoNavioObservações
C551GIUSEPPE GARIBALDI1985. Classe Giuseppe Garibaldi
 LUIGI EINAUDI2007

NAVIOS DE ASSALTO ANFÍBIO

Os barcos da classe San Giorgio possuem convés de vôo em toda a extensão do casco, deslocam 7.660 toneladas carregados, acomodam 400 fuzileiros, fazem 21 nós e transportam 5 helicópteros de transporte.



IndicativoNavioObservações
L9892SAN GIORGIO1988. Classe San Giorgio
L9893SAN MARCO1989. Classe San Giorgio
L9894SAN GIUSTO1994. Classe San Giorgio

IUGOSLÁVIA

TENDER DE HIDROAVIõES

O tender ZMAJ deslocava 1.870 toneladas, fazia 16 nós e transportava 10 hidroaviões num convés na popa e outro a meia nau. Foi capturado pelos alemães em 17.04.41 e usado como transporte de tropas com o nome de DRACHE até ser afundado por aviões inglês em 22.09.44 em Samos, Grécia.


JAPÃO

TENDER DE HIDROAVIõES

O WAKAMYIA era um mercante russo capturado e minimamente convertido para lançar e içar hidroaviões do mar. Deslocava 7.720 toneladas, fazia 10 nós e transportava 4 hidroaviões. Serviu de base para os aparelhos Farman com flutuadores que atacaram as tropas alemãs em Tsingtau, China em 1914. Em 1920 foi equipado com um convés de decolagem na proa. Em 1920 recebeu um convés de vôo para operar aviões com rodas.


Os barcos da classe Notoro eram petroleiros adaptados com guindastes e conveses de vôo na popa e na proa para operar com hidroaviões mantendo a capacidade de petroleiros. Deslocavam 14.000 toneladas, faziam 12 nós e carregavam 10 hidroaviões. Atuaram na guerra Sino-Japonesa. O KAMOI também foi adaptado de um petroleiro. Deslocava 19.200 toneladas, fazia 15 nós e transportava 22 hidroaviões.




Os barcos da classe Chitose foram os primeiros construídos especificamente para operar hidroaviões. Deslocavam 12.350 toneladas, faziam 29 nós e carregavam 25 hidroaviões. Foram convertidos a porta-aviões leves em 1943. O MIZUHO deslocava 11.950 toneladas, fazia 22 nós e transportava 24 hidroaviões. O NISSHIM deslocava 12.300 toneladas, fazia 28 nós e transportava 20 aeronaves.

O AKITSUSHIMA deslocava 4.900 toneladas, fazia 19 nós e servia de base avançada para um grande bote voador.






NavioObservações
WAKAMIYA1914. Ex LETHINGTON. 1931
NOTORO1924. Classe Notoro. 1942
TSURUMI1924. Classe Notoro. 1931
KAMOI1933-1943
CHITOSE1936. Classe Chitose. 1943
CHIYODA1937. Classe Chitose. 1943
MIZUHO1939. Afundado pelo submarino USS Drum em 02.05.42
NISSHIM1942. Afundado por aviões em 22.07.43 em Bougainville
AKITSUSHIMA1942. Classe Akitsushima. Afundado por aviões em 24.09.44
CHIHAYAClasse Akitsushima. Cancelado

TENDER AUXILIAR DE HIDROAVIõES

Os tender auxiliares eram mercantes de vários tipos adaptados com catapultas na popa e guindastes para içar hidros do mar para operar ao longo da costa da China. Deslocavam de 6.800 a 8.000 toneladas e transportava 12 hidros. Muitos foram reconvertidos a mercantes em 1942/43 e afundados por submarinos nessa condição.






NavioObservações
KAGU-MARU1937-1939
KAMIKAWA-MARU1937. Afundado em 28.04.43 pelo submarino USS Scamp.
KIMIKAWA-MARU1941. Afundado em 23.10.44 pelo submarino US Sawfish
KIYOKAWA-MARU1941-1942
KUNIKAWA-MARU1942-1943
KINUGASA-MARU1938-1939
SAGARA-MARU1941-1942
SANUKI-MARU 1941-1942
SANYO-MARU1941-1943

CRUZADORES TENDER DE HIDROAVIõES

Os cruzadores pesados da classe Tone mantinham o armamento naval na proa e possuíam convés para as aeronaves na popa. Deslocavam 15.200 toneladas carregados, faziam 35 nós e carregavam 5 hidroaviões. O MOGAMI era conversão de um cruzador pesado. Deslocava 13.670 toneladas, fazia 35 nós e carregava 11 aviões. A classe Oyodo eram cruzadores leves de 11.400 toneladas, que faziam 35 nós e transportavam 6 aeronaves no convés da popa.






NavioObservações
TONE1938. Classe Tone. Afundado em Kure por aviões em 24.06.45
CHIKUMA1939. Classe Tone. Afundado por aviões em Samar em 25.10.44
MOGAMI1943. Afundado em Leyte em 25.10.44 por navios e aviões americanos
OYODO1943. Classe Oyodo. Afundado em Kure por aviões em 28.07.45
NIYODOClasse Oyodo. Cancelado

PORTA-AVIõES DE ESQUADRA

Tendo o Tratado de Washington limitado a tonelagem de belonaves a serem construídas, o Japão escolheu os cruzadores AKAGI e AMAGI para converter em porta-aviões de 33.000 toneladas carregados. O AMAGI foi avariado no terremoto de 1923 sendo substituído pelo KAGA. Na realidade atingiam o peso de 36.500 e 38.200 toneladas carregados, respectivamente, atingiam 31 nós e operavam 60 aviões cada e tinham outro convés de decolagem na proa. Posteriormente os dois foram reformados e tiveram o convés de vôo estendido até a proa e capacidade de operar 90 aviões. Apesar de esgotada a quota estabelecida pelo Tratado de Washington, foi lançado ainda o SORYU, de 18.800 toneladas, 34 nós e operando 57 aviões. Expirado o Tratado em 1936, foi construído o HIRYU, de 20.250 toneladas, 34 nós e 64 aviões.





O AKAGI em 1930 com convés inferior para decolagem.


O AKAGI em 1941 com o convés de vôo estendido até a proa.







O KAGA com o convés de vôo estendido até a proa.





O HIRYU em 1939.

Terminados em 1941, os gêmeos ZUIKAKU e SHOKAKU deslocavam 25.675 toneladas, faziam 34 nós e operavam até 84 aviões.



O ZUIKAKU sendo atacado e afundado por aviões americanos em Leyte, Filipinas, em 24.10.44.




O TAIHO era um mercante convertido, deslocava 29.300 toneladas, era fortemente blindado, fazia 33 nós e operava 53 aviões. O JUNYO e o HIYO, convertidos de mercantes, deslocavam 27.500 e 24.140 toneladas, faziam 25,5 nós e operavam 53 aviões.




O ISE e o HYUGA foram convertidos de couraçados de 38.000 toneladas e eram classificados como couraçados porta-aviões, com convés de vôo na popa para 22 aviões e o armamento pesado na proa.




O HYUGA afundado no porto de Kure, Japão.

A classe Unryu deslocava 17.150 toneladas, fazia 34 nós e carregava 65 aviões.



O segundo AMAGI, afundado no porto de Kure, Japão.







O ASO.

O SHINANO era o terceiro dos couraçados Yamato. Era fortemente blindado, deslocava 64.800 toneladas, fazia 27 nós e operava 47 aviões


NavioObservações
AMAGI1920. Desmanchado em 1923
AKAGI1927. Classe Akagi. China. Pearl Harbor. Midway. Afundado por aviões em Midway em 05.06.42
KAGA1928. China. Pearl Harbor. Midway. Afundado por aviões em Midway em 04.06.42
SORYU1937. China. Pearl Harbor. Midway. Afundado por aviões em Midway em 04.06.42
HIRYU1939. China. Pearl Harbor. Midway. Afundado por aviões em Midway em 05.06.42
ZUIKAKU1941. Classe Shokaku. Pearl Harbor. Mar de Coral. Salomões. Santa Cruz. Marianas. Leyte. Afundado por aviões em Leyte em 24.10.44
SHOKAKU1941. Classe Shokaku. Pearl Harbor. Mar de Coral. Salomões. Santa Cruz. Marianas. Afundado pelo submarino USS Cavalla no Mar das Filipinas em 19.06.44
JUNYO1942. Classe Junyo. Ex mercante KASHIWARA MARU. Aleutas. Santa Cruz. Marianas. Desmanchado em 1947
HIYO1942. Classe Junyo. Ex mercante IZUMO MARU. Marianas. Afundado por aviões nas Marianas em 20.06.44
ISE1943. Classe Ise. Leyte. Afundado no porto de Kure por aviões em 28.07.45
HYUGA1943. Classe Ise. Leyte. Afundado por aviões no porto de Kure em 24.07.45
TAHIO1944. Classe Tahio. Marianas. Afundado no Mar das Filipinas pelo submarino USS Albacore em 19.06.44
UNRYU1944. Classe Unryu. Afundado no Mar da China pelo submarino USS Redfish em 19.12.44
AMAGI1944. Classe Unryu. Segundo AMAGI. Não entrou em serviço. Afundado por aviões no porto de Kure em 24.06.45
KATSURAGI1944. Classe Unryu. Desmanchado em 1947
IKOMA1944. Classe Unryu. Afundado no porto de Kure por aviões em 24.07.45
KASAGIClasse Unryu. Não completado, desmanchado em 1947
ASOClasse Unryu. Não completado, desmanchado 1947
SHINANO1944. Classe Shinano. Afundado no Mar Interior pelo submarino USS Archerfish em 29.11.44

PORTA-AVIõES LEVES

Em 1921 foi lançado ao mar o HOSHO, que, completado em 1922, foi o primeiro porta-aviões projetado como tal. Deslocava 7.470 toneladas, transportava 28 aviões e atingia 25 nós. Seu convés de vôo desimpedido media 150 metros de comprimento.




O navio seguinte foi o RYUJO, de apenas 7.100 toneladas para 36 aviões e capaz de alcançar 25 nós.





O CHITOSE e o CHIYODA eram conversão de tenders de hidroaviões de 1936. Deslocavam 11.190 toneladas, faziam 29 nós e operavam 30 aviões.


O CHITOSE após a conversão para porta-aviões.

O ZUIHO e SHOHO, de 11.262 toneladas eram petroleiros convertidos para 27 aviões. O RYUHO foi convertido de um tender de submarino. Deslocava 16.700 toneladas carregado, fazia 26,5 nós e carregava 31 aviões. O IBUKI foi convertido de um casco de cruzador. Deslocaria 14.570 toneladas carregado, alcançaria 29 nós e transportaria 27 aviões. Não foi completado.



O ZUHIO com camuflagem para parecer um couraçado, sendo atacado e afundado por aviões americanos em Leyte, Filipinas 25.10.44.



O SHOHO foi o primeiro porta-aviões japonês afundado. Batalha do Mar de Coral em 08.05.42



NavioObservações
HOSHO1922. Ex HIRYU. Desmanchado em 1946
RYUJO1933. Afundado na Batalha das Salomões em 24.08.42
CHITOSE1938. Classe Chitose. Salomões. Marianas. Leyte. Afundado por aviões em Leyte em 25.10.44
CHIYODA1938. Classe Chitose. Marianas. Leyte. Afundado por navios em Leyte em 25.10.44
ZUIHO1940. Classe Zuiho. Ex TAKASAKI. Midway. Santa Cruz. Marianas. Leyte. Afundado por aviões em Leyte, 25.10.44
SHOHO1942. Classe Zuiho. Ex TSURUGISAKI. Afundado por aviões na Batalha do Mar de Coral em 08.05.42
RYUHO1942. Ex TAIGEI. Marianas. Desmanchado em 1946
IBUKINão completado, desmanchado em 1947

PORTA-AVIõES DE ESCOLTA

Todos os porta-aviões de escolta japoneses eram conversões de mercantes. A classe Taiyo deslocava 20.000 toneladas, fazia 21 nós e levava 23 aviões. O SHINYO deslocava 17.500 toneladas e transportava 33 aviões. O KAIYO deslocava 13.600 toneladas, fazia 23 nós e levava 24 aviões.






NavioObservações
TAIYO1941. Classe Taiyo. Ex mercante KASUGA-MARU. Afundado na costa de Luzon em 18.08.44
UNYO1942. Classe Taiyo. Ex mercante YAWATA MARU. Afundado no Mar do Sul da China em 16.09.44
CHUYO1942. Classe Taiyo. Ex mercante NITTA MARU. Afundado no mar do Japão pelo submarino USS Sailfish em 03.12.43
SHINYO1943. Ex mercante SHARNHORST. Afundado no Mar Amarelo em 17.11.44
KAIYO1943. Classe Kaiyo. Ex mercante ARGENTINA-MARU. Afundado por aviões ingleses em Beppu Bay, Mar Interior, em 24.07.45

PORTA-AVIõES DE ESCOLTA DO EXÉRCITO

Os barcos operados pelo Exército foram convertidos de mercantes e usados no apoio de desembarques, quando os aviões podiam decolar do convés mas pousavam em terra. Operaram autogiros que podiam decolar e pousar no convés de vôo. Os escolta da classe Akitso Maru deslocavam 12.000 toneladas, faziam 20 nós e carregavam 20 aviões. O KUMANO MARU era semelhante, deslocava 8.120 toneladas, fazia 19 nós e transportava 37 aviões. Não chegou a ser usado operacionalmente. O YAMASHIRO MARU deslocava 15.860 toneladas carregado, fazia 15 nós e transportava 8 aviões. Não se tornou operacional. O CHIGUSA MARU não chegou a ser completado. Os classe SHIMANE MARU deslocavam 11.800 toneladas, faziam 18 nós e transportavam 12 aviões. Não se tornaram operacionais.


NavioObservações
AKITSO MARU1942. Classe Akitso Maru. Afundado pelo submarino USS Queenfish em 15.11.44
NIGITSU MARU1943. Classe Akitso Maru. Afundado pelo submarino USS Hake em 12.01.44
KUMANO MARU1945-1945
SHINSHU MARU1944. Afundado em 05.01.45
YAMASHIO MARU1945. Classe Yamashio Maru. Afundado em Yokohama em 17.02.45
SHIMANE MARU1945. Classe Shimane Maru. Afundado por aviões em 24.07.45
CHIGUSA MARUClasse Yamashio Maru. Não completado
OTAKISAN MARUClasse Shimane Maru. Não completado

Texto:

Fotos:

(Itália)

  • 1918 - Porta hidroaviões - Jane's Fighting Aircraft of WW1, 199
  • 1992 - Garibaldi - col - Air Fan 674, pg.11
  • 1996 - Garibaldi - col - Air Inter 303, pg.120
  • Planta do Garibaldi - Arquivo 266

    (Japão)

  • PA japoneses - The Japanese War Machine, pg. 82
  • Kamikaze - Arquivo 26
  • História - Rennes. A Marinha do Japão
  • Amagi afundado - color - Carrier Air War, pg. 141

    GLOSSÁRIO

  • Adriático - OperaçÂões contra a Iugoslávia em 1995
  • Bismark - Caça empreendida pela Marinha Britânica ao couraçado alemão no Atlântico em 1940
  • CV - Prefixo dos porta-aviões de esquadra americanos. Alguns mudados para:
  • CVA- porta-aviões de ataque,
  • CVB - porta-aviões de batalha,
  • CVS - anti-submarinos,
  • CVT - transporte de aviões,
  • e AVT- para treinamento.
  • CVAN - Prefixo americano para os porta-aviões de esquadra nucleares.
  • CVE - Prefixo americano dos porta-aviões de escolta. Antes BAVG.
  • CVL - Prefixo americano dos porta-aviões leves de esquadra.
  • Coréia - Guerra das NaçÂões Unidas contra a Coréia do Norte em 1950-53
  • Falklands/ Malvinas - LibertaçÂão pela Inglaterra das ilhas tomadas pela Argentina em 1982
  • Golfo - LibertaçÂão pelas NaçÂões Unidas do Kuwait invadido pelo Iraque, em 1991
  • HMS - Her/His Magesty Ship - Prefixo dos navios de guerra britânicos
  • HMAS - Her/His Magesty Australia Ship - Prefixo dos navios de guerra australianos
  • HMCS - Her/His Magesty Canadian Ship - Prefixo dos navios de guerra canadenses
  • Indochina - Guerra da França contra os nacionalistas do Viet-Ming, de 1947 a 1954
  • Iwojima - Invasão pelos americanos da ilha japonesa de Iwo Jima em 1945
  • Java - LibertaçÂão pelos aliados da ilha ocupada pelos japoneses, em 1945
  • Leyte - Invasão americana em Leyte, Filipinas, ocupadas pelos japoneses - 17 a 25.10.44
  • Marianas - Batalha aeronaval japoneses x americanos em 1944
  • Mar de Coral - Batalha aeronaval japoneses x americanos em 7-8.05.42
  • Matapan - Batalha naval ingleses x italianos no Mediterrâneo em 1940
  • Mers-El-Kébir - Ataque inglês à frota francesa no porto africano em 03.07.40
  • Midway - Batalha aeronaval japoneses x americanos em 4-6.06.42
  • Noruega - Invasão e retirada anglo-francesa da Noruega frente ao avanço alemão em 1940
  • Okinawa - Invasão aliada da ilha japonesas de 14.03 a 30.06.45.
  • Operaçâão Torch - Invasão aliada do norte da África de 8-12.10.42.
  • Recife - Navios que serviram na 4a Frota americana, baseada em Recife, Brasil em 1942-1945
  • Salomões - Batalha aeronaval japoneses x americanos em 1942
  • Santa Cruz - Batalha aeronaval japoneses x americanos em 1942
  • Suez - Guerra anglo-francesa-israelita contra o Egito em 1956
  • Sul da França - Invasão aliada do sul da França ocupada em 15.08.1944
  • Sumatra - Ataques ingleses às refinarias de petróleo ocupadas pelos japoneses em 20.12.44
  • Taranto - Ataque de porta-aviões ingleses à base naval italiana em Taranto, sul da Itália em 1940
  • Tirpitz - Ataques ingleses ao couraçado alemão em portos da Noruega em 1944.
  • Tóquio - Reide americano com bombardeiros B-25 baseados em porta-aviões em 1942
  • Vietnã - Guerra de potências aliadas contra o Vietnã do Norte de 1964 a 1973
  • BIBLIOGRAFIA:

  • Air Fan 561, 564, 565, 592 e 630
  • Air International 19, 79, 236 e 265
  • An Illustrated History of Seaplanes and Flying Boats - Maurice Allward - Barnes & Noble, New York, 1981
  • Curtiss Aircraft 1907-1947 - Peter M. Bowers - Putnam, Londres
  • German Cruisers of World War Two - M. J. Whitley - Naval Institute Press, 1987
  • Messerschmitt "O-nine" Gallery - Thomas H. Hitchcock - Monogram Aviation Pub., USA, 1973
  • Ships of the World Navies - Christopher Chant - Brian Trodd Pub, London, 1990
  • The Illustrated History of Seaplanes & Flying Boats - Louis S Casey & John Batchelor - Hamlyn - New York
  • The World's Great Aircraft Carriers - Antony Preston - Chancellor Press, London
  • Eventos | Fórum | Eu Quero! | Mercado de Pulgas | Galeria
    Variedades | Como Construir | Dicas | Ferramentas
    Lojas no Brasil | Administrativo | Livros | Links

    Melhor visualizado em resolução 1366 x 768
    Eventos Agendados
    Setembro
    S T Q Q S S D
              1 2
    3 4 5 6 7 8 9
    10 11 12 13 141516
    17 18 19 20 21 22 23
    24 25 26 27 28 29 30
                 

    Outubro
    S T Q Q S S D
    1 2 3 4 5 6 7
    8 9 10 11 121314
    15 16 17 18 19 20 21
    22 23 24 25 26 27 28
    29 30 31