A quem se destina

  Escolhendo seu kit

  Fazendo as Turbinas

  Rodas e Pneus

  Pintura

  Conversões

  Especiais

  Walk-Arounds

  Downloads

  Referências

 Links

 <<Voltar
Pintura de Rodas

Não raro, vejo aviões bem montados, mas com rodas pintadas que deixa a desejar. Para mim, pelo menos, o cuidado com esse detalhe pode realmente matar um bom modelo. Abaixo, segue as dicas de como pinto minhas rodas e pneus, com um resultado que tenho achado relativamente bom. O foco dessa matéria são rodas metálicas, mais usuais em aviões civís, mas pode ser perfeitamente aplicado em aviões militares também.

Os requisitos para que se possa fazer uma boa roda/pneu com esse processo é que a linha que divide os dois (o aro) seja bem definido, e de preferência, em alto relevo. Felizmente, a maioria dos kits é assim. Vou assumir que a roda já foi devidamente colada e as marcas de cola e pinos de injeção devidamente corrigidos.

Primeiramente, vamos aplicar um bom primer. Eu uso o Fundo Branco da Color Gin, pois ele só sai com acetona e reza-braba, então, acho que é ideal para esse trabalho. Na verdade, o uso de primer não é obrigatório. Eu uso, pois o passo seguinte será feito com tinta Duco preta (brilhante). Se você não for usar duco, não precisará de primer.

O segundo passo é pintar a área da roda com preto brilhante. Isso irá realçar o efeito de metal da fase seguinte. Caso a sua roda não seja metálica (verde como em aviões russos) sugiro que você pinte com preto fosco. Nesse caso, o preto dará um efeito de sombra (pré-shading) sob a próxima camada de tinta. Resumindo, o preto, fosco ou brilhante, serve para realçar o sobreamento e brilho nas camadas seguintes.

Para fazer o efeito metálico, eu uso laca acrílica em tom de metal (Alumínio, aço, ferro, o que você preferir). A laca acrílica é bem fina e deve-se passar não mais do que uma pequena nuvem com aerógrafo. Caso você use muita tinta, o sombreamento do passo anterior terá sido em vão. No caso de rodas não metálicas, o processo é o mesmo, mas com a cor escolhida.

A roda está quase pronta. Agora vamos aos pneus. Primeiramente, vamos mascarar a o trabalho da roda. Para isso não usaremos nada mais sofisticado que uma fita Crepe. Pegue um pedaço de fita e cubra a roda; com a unha, delimite o aro e com uma X-acto (de preferência, pegue uma lâmina nova) e corte o círculo do aro. Alguns modelistas já disseram que existe um compasso com ponta de faca que faz isso bem facilmente, mas como nunca vi nem usei, não vou recomendar por enquanto. Outa opção é usar como máscara líquida, Cola Branca (Tenaz). A vantagem é que ela é bem mais consistente que a Maskol e evita de escorrer. No entanto, para essa técnica, a borda deve ser bem definida.

Agora faremos um Wash bem pesado, para delimitar a divisão do aro. Com uma tinta acrílica (eu uso Gato Preto), uma gota de detergente e algunas de água, faça a mistura. Lembre-se que isso deve ficar bem mais grosso que os Washes tradicionais. Com um pincel, apenas encoste as cerdas na região do aro. A tinta deve fluir, por tensão superficial, ao redor de todo o aro. Deixe secando em calor ambiente e depois repita o processo do outro lado da roda.


Eu, pessoalmente, não gosto de preto para cor do pneu. Acho que fica muito forte e irreal. Eu faço uma mistura de preto com uma um duas gotas de branco. O resultado é um cinza muito escuro; bem mais realista, penso eu. Aqui, você pode usar as tintas que preferir, desde que sejam foscas.

Após secar, é só tirar a máscara. Em alguns casos, a máscara pode não ter ficado boa e você pode refazer os passos de wash e pintura. Por isso, sugiro que não jogue a máscara fora até o resultado estar completo. Aqui há uma outra vantagem da laca acrílica. A tinta esmalte não adere bem sobre ela. Caso alguma tinta entre para dentro da máscara, basta raspar com um palito de dentes.

No caso de rodas metálicas, eu ainda gosto de aplicar um pouco de betume da Judéia misturando com Aguarráz. A mistura deve ser bem diluída e a aplicação também será por tensão superficial, como no caso do Wash. Isso dará uma aspecto de óleo nas rodas. Nada exagerado. Aliás, essa combinação de preto brilhante, laca acrílica e betume também fica excente para fazer motores radiais e trens de pouso.

Resultado final

Aproveitando a matéria, uma dica interessante para fazer gomos de pneus, em pneus que não tenham esse detalhamento: Pinte a banda de rodagem do pneu com uma cor cinza bem clara ou marrom (para dar contraste). Depois de seco, pegue um tule de artesanato (vende em qualquer armarinho) e enrole o pneu, com o cuidado de deixar os gomos alinhados. Agora é só pintar a banda com a cor desejada e retirar a renda após secar. De longe, nem se percebe a diferença.

Texto:
Agradecimentos:

Eventos | Fórum | Eu Quero! | Mercado de Pulgas | Galeria
Variedades | Como Construir | Dicas | Ferramentas
Lojas no Brasil | Administrativo | Livros | Links

Melhor visualizado em resolução 1366 x 768
Eventos Agendados
Julho
S T Q Q S S D
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Agosto
S T Q Q S S D
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 1819
20 21 2223242526
27 28 29 30 31