A quem se destina

  Escolhendo seu Kit

  Casco

  Metais

  Mastreação

  Amarração

  Velas de Pano

  Referências

  Especiais

 << Voltar
Escolhendo seu kit...

Poucas pessoas se atrevem a montar kits de veleiros. Isso se deve muito mais ao medo de não conseguí-lo, que a qualquer outro fator. Como dissemos antes, essa idéia é errada. Os veleiros exigem paciência, mas são mais fáceis que outras categorias. Devido a esse fato, as lojas ficam divididas entre as que têm poucas opções, devido a baixa demanda, e aquelas que têm grandes estoques de veleiros com preços acessíveis. Devido ao alto valor do dólar hoje em dia, essa segunda opção é bem mais escassa.

Antes de escolher o kit, procure saber onde ele irá ficar. Veleiros ocupam um espaço razoável (principalmente em altura) e possuem várias peças frágeis ao redor de sua estrutura, de modo que não devem ficar próximos a locais muito movimentados.

Outro fator a pensar é a poeira. A poeira é extremamente prejudicial ao kit, fazendo com que as peças descolem e estragando o acabamento da montagem. O problema é que com todos os detalhes da cobertura superior e a base das amarrações, a retirada da poeira é particularmente difícil. Para proteger o kit, pode ser necessário uma caixa de vidro.

As escalas mais comuns são:

1/50 a 1/150: Nessas escala, os kits costumam ficar bem grandes, por isso não são muito comuns. Porém, como o tamanho dos barcos variou muito ao passar dos séculos, podem ser achados kits de barcos menores, para que se mostrem mais detalhes. Exemplos são as naus de Colombo (Santa-Maria, Pita e Nina), galeras romanas ou barcos Vikings. Devido a escala, o número de detalhes é maior, podendo em alguns casos, aparecer utensílios do navio, como barris, caixas, etc.

1/150 a 1/300: As grandes caravelas, principalmente as inglesas e francesas costumam ficar nessas escalas. Elas são o ponto ideal do detalhismo, onde não se peca nem pela falta nem pelo excesso. O tamanho desses kits é o ideal para exposição, onde ele "cai bem" com a decoração da casa (num escritório ou sobre a televisão).

acima de 1/300: Acima dessa escala os detalhes perdem-se rapidamente, principalmente na amarração e detalhes da cobera superior. Isso deixa o kit muito pobre em detalhes, pelo tamanho reduzido. Essa escala é comum para os veleiros do século XIX, da era pré-vapor, quando esses barcos atingiram proporções impensáveis séculos antes.

Uma dica importante para o primeiro kit é a seguinte: Existem kits onde as enxárcias (escadas de corda) são feitas de plástico e outros kits onde vêm uma peça que é uma guia para se fazer cada uma das enxárcias com linha. As enxárcias de plástico, embora mais fáceis de montar empobrecem o kit, dando uma aparência não-natural ao modelo quando montado. Por isso é preferível escolher um kit com essa peça guia. Assim, se depois você for montar um outro modelo, onde as enxárcias são de plástico, você poderá substituí-las pelas montadas com auxílio da mesma.

Para veleiros, costumam haver duas opções de material: plástico e madeira. Os kits de madeira não são recomendados para iniciantes, pois são muito trabalhosos. Além disso, a estrutura do casco não vem pré-moldada, sendo necessário montar toda a estrutura e depois fazer o madeiramento lateral. Além disso, esses kits são razoavelmente mais caros e difíceis de serem encontrados.

Modelo de Madeira-estrutura de casco

Os kits de plástico costuma vir com a estrutura do caso em uma ou duas peças. O importante ao escolher o kit é verificar como são os detalhes do casco, pois esses dão vida ao modelo. Se o kit vem com muitas peças pré-montadas (exemplo: ornamentação do castelo de popa) os detalhes se perdem. Verifique como são feitos os canhões (se são completos ou apenas a parte visível de fora), as portinholas dos canhões, os detalhes da estrutura interna. Na estrutura externa, visível, verifique como são os salva-vidas, escadas, timão, rodanas, etc.

Quanto às velas, não há muita opção. Em geral, elas vêm em uma fina cartela de plástico para serem recortadas. Você pode tentar fazer velas de tecido ou optar por deixá-las recolhidas. Veremos isso em uma seção posterior.

Escolhido o kit, é hora de por mãos à obra. A montagem é geralmente dividida em quatro passos: casco, mastros e velas, amarração e detalhes finais do casco. Veremos na próxima seção como construir o casco.



Eventos | Fórum | Eu Quero! | Mercado de Pulgas | Galeria
Variedades | Como Construir | Dicas | Ferramentas
Lojas no Brasil | Administrativo | Livros | Links

Melhor visualizado em resolução 1366 x 768
Eventos Agendados
Maio
S T Q Q S S D
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Junho
S T Q Q S S D
        1 23
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30