A quem se destina

  Árvores I

  Árvores II

  Árvores III

  Bases para Aviões I

  Bases para Aviões II

  Bases para Militaria

  Estruturas p/ Militaria

  Diorama de Selva

  Explosões

  Ferrugem

  Aeronaves em Voo

  Dicas de Fotos

  Relevos de Mar - I

  Relevos de Mar - II

  Dioramas Originais

  Em Andamento...

  Downloads

  Outros Sites

 <<Voltar
Criando Dioramas Originais...

Tenho visitado várias exposições de modelismo e vejo sempre vários dioramas (na verdade, a maioria vinhetas). Um problema é que as cenas reproduzidas em geral, são figuras sem "sal". Não que sejam mal-feitas, ou coisa do tipo. O problema é que em geral, são itens apenas para complementar a cena, sem nada de especial ou algo que chame a atenção. Dioramas assim são "feijão-com-arroz", todo mundo já fez (até mesmo eu) e acabam se tornando lugar-comum.

Para fazer um diorama que chame a atenção é necessário que ele tenha um quê a mais, e, nesses caso, é preciso de usar da criatividade. Essa matéria é um conjunto de dicas que você pode usar para que o seu diorama seja notado e comentado. Algumas delas requerem mais técnicas, dinheiro, mas outras necessitam apenas imaginação.

Título: Essa talvez seja a maneira mais barata. O título deve chamar a atenção para a cena de imediato. O observador deve reconhecer o título na cena. Lógico que para isso, depende do conhecimento do observador também. Uma dica dentro desta, é colocar frases "de efeito", humor, e por aí vai. Exemplo. Uma pequena vinheta teria uma figura de Adolf Hitler descendo de um palanque, prestes a pisar em uma casca de banana. A vinheta seria chamada de "O Dia D". Frases polêmicas ou controversas podem fazer seu diorama ficar falado, para o bem ou para o mal. Lembre-se que várias pessoas verão seu diorama, e muitas podem não gostar do que está sendo mostrado, principalmente quando o assunto é religião ou sexo.

Psst! F...you Buddha!

Ação/Movimento: Essa dica é principalmente voltada aos aviões e carros. Em geral, mesmo com cenas bastante ricas, nota-se uma ausência de movimento.Aichi Val Decolando A cena é praticamente uma foto em três dimensões. A dica é dar movimento na cena. Isso é feito colocando-se o avião em posições que mostrem que obviamente ele não está parado. Aviões à hélice, podem ter esse efeito ainda aumentado colocando-as em movimento. Para isso, existem pelo menos três opções: kits com motor que estão chegando ao mercado, discos de plástico transparente; e photo-etcheds, também novos, de hélices em movimento. A segunda opção é sem dúvida a mais barata e tem um visual relativamente bom. Para carros, a dica é deixá-los fazendo curvas (com a tensão na suspensão ficando evidente). Carros de rally são um prato cheio.

Jaguar AbandonadoAbandonados e Envelhecidos: Embora contem com uma boa participação em eventos, dioramas de carros e aviões abandonados, aviões abatidos, veículos afundados são bem interessantes e impressionam pelo trabalho de envelhecimento. Em geral, esses dioramas não necessitam de figuras acessórias e nem requerem habilidade na montagem. No entanto, as técnicas de envelhecimento são bem mais exigidas. É preciso estudar bastante os truques para conseguir o efeito desejado.

Riqueza de Detalhes: Possivelmente, essa é a opção mais cara a trabalhosa. A idéia é acrescentar detalhes "para onde quer que se olhe". A riqueza de detalhes impressiona as pessoas. Como já dito no texto introdutório sobre dioramas, isso requer bastante variedade de kits e de várias fontes. Assim, um diorama desses, pode ficar até 10 vezes mais caro que os kits que o compõe. Nesse caso, o cuidado é não carregar a cena demais, a ponto de parecer artificial. Além disso, é preciso cuidado para não colocar objetos "opostos" em uma cena (Ex: um trator americano, puxando um avião alemão). É claro, que nesse ponto, algumas concessões são permitidas, pois nem tudo é possível de achar ou fazer.

Hangar de F14 Hangar de F14 Hangar de F14

Efeito de agua com vitrexElementos Naturais: Em vários casos, é difícil imitar certo elementos naturais. Talvez o mais desejado seja a água. Vejo muitos modelos de navios bem-feitos, mas com uma superfície de água simplória. Procure descobrir técnicas para imitar água (escreveremos sobre isso em uma matéria à parte) ou até mesmo simular. Um truque simples, mas com ótimo resultado é fazer uma caixa de vidro onde a água é simplesmente um pedaço de vitrex (de banheiro).

O fogo é ainda mais difícil de imitar. Porém já vi diversos efeitos de fumaça sendo feitos com chumaços de algodão. Alguns usam luzes vermelho alaranjadas, sobre algodão pintado de preto. O efeito só fica bom se houver bastante prática. Por falar em luzes, é possivel ter efeitos usando-se pequenas luzes, em ambientes noturnos. Com o auxílio de fios de náilon e lanterna, pode-se ter uma espécie de fibra ótica, onde você transporta a luz da lanterna para qualquer lugar. Um uso disso é fazer a das iluminação das janelas de um navio.

Como pode-se ver, fazer dioramas exige um certo trabalho e técnica, mas o que faz a diferencá é, com certeza, a criatividade do modelista.

Texto:

Modelos:






Eventos | Fórum | Eu Quero! | Mercado de Pulgas | Galeria
Variedades | Como Construir | Dicas | Ferramentas
Lojas no Brasil | Administrativo | Livros | Links

Melhor visualizado em resolução 1366 x 768
Eventos Agendados
Julho
S T Q Q S S D
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Agosto
S T Q Q S S D
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 1819
20 21 2223242526
27 28 29 30 31