A quem se destina

  Escolhendo seu kit

  Antes de começar

  Montando a cabine

  Cockpit em 8 passos

  Os Canopies

  Fazendo Canopis

  Re-Scribbing

  Rebites

  Estais

  Metal Fatigado

  Shading

  Giz Pastel

  Wash

  Envelhecimento

  Em Andamento...

  Especiais

  Walk-Arounds

  Downloads

  Referências

  Sites de Aviões

  Outros Sites

 <<Voltar
Revell/Scratchbuilt IAI LAVI 1/32

RADAR ELTA 2032/2035 - PARTE 01:

A aviônica do LAVI era modular: poderiam ser carregados novos softwares no computador de missão Elbit ACE-4 conforme a finalidade. A fuselagem não exigiria muitas modificações durante sua vida, logo, a série da aviônica foi indicada para ser quase a mesma durante a evolução do projeto israelense. A flexibilidade e o identificador situacional foram enfatizados para reduzir ao mínimo a carga de trabalho do piloto em números "g" elevados e em densos ambientes de ameaça. O computador de dados do ar era o mesmo empregado na Astronáutica! A maioria da aviônica do LAVI já tinha sido testada em vôo por um avião Boeing 727 da IAI (avião de testes para Guerra Eletrônica e afins).


O computador de missão Elbit ACE-4 foi selecionado para o IAI LAVI. Era compatível com o MIL-STD-1750A e padrões de MIL-STD-1553B. Podia ser usado para a exposição, radar digital, até gerência de integração (futura) da aviônica. Tinha memória de 128 K.


Radomo do radar aberto. A abertura para a lateral direita é igual a do F-16...

O radar multi-modo Elta EL/M-2032/2035 Pulso-Doppler era um desenvolvimento do radar multi-modo Elta EL/M-2021B Doppler utilizado no IAI Kfir-C2. O radar era muito avançado contendo um transmissor coerente e um receptor multi-canal estável para desempenho look-down trabalhando com largas faixas de freqüência e com traços de alta resolução. Um processador de sinal programável Elta, suportado por rede distribuída, agregou a rede de informática, fornecendo o melhor em poder de computação e grande flexibilidade para crescimento e atualização de algoritmos, além da expansão dos sistemas. O radar poderia fornecer velocidade e posição dos alvos no ar e em terra, e poderia fornecer ao piloto um mapa do terreno em que o LAVI sobrevoava. Poderia seguir diversos alvos a uma distância de 46 quilômetros, em cinco modalidades "ar-ar" (aquisição de alvos automática, linha de mira, olhar para baixo, olhar para acima e seguir em varredura). O radar tinha, no mínimo, duas modalidades "ar-terra" (busca feixe-agudo no mar e traço solo/terreno). Após o cancelamento do programa LAVI, este radar foi oferecido para a empresa Retrofits multi-role utilizar em diversas aeronaves, incluindo o Denel CHEETAH-E.


Radar Elta EL/M-2032.

Para retratar este detalhe no modelo Revell, aproveitei o habitáculo vazio que fica na frente do cockpit, removendo a frente das metades de junção da fuselagem. Os painéis de acesso à manutenção são laterais (como no F-16), porém pretendo apresentar meu LAVI com um radar Elta bem definido. De posse de uma foto real do radar Elta M-2032, desenhei no CorelDraw¬© as peças necessárias para representar este equipamento...


Efetuo testes recortando e montando as peças em papel comum, visando conferir o resultado 3D e aplicar as correções necessárias...



Após o processo de correção, recorto as peças no material definitivo. Algumas serão no plástico de cartão usado de telefone público e outras que exigirem espessura menor, na chapa de alumínio...



O conjunto após montado e colado ficou convincente...




Em seguida, alguns detalhes são incorporados para fidelizar com a foto do radar original...


Conduítes blindados...


Fiação do explorador do radar (feita com linha de pesca bem fina)...


Fiação do explorador do radar (finalizada)...


Finalmente o "equipamento" fica pronto. Gostei do resultado!


Em comparação com o modelo em papel, vemos que a técnica é simples, mas funciona.


Desenvolvi, usando chapa de alumínio, uma espécie de "trilho" para encaixar o radar...


O objetivo é fazer com que o radomo abra e o mesmo possa ser exibido, após correr em seus trilhos. Provavelmente, o sistema para retirada do radar (visando substituição do equipamento) deve ser bem similar. Lembrando que a manutenção seria feita por acesso lateral, desparafusando painéis de acesso (como é feito no F-16)...


Radar "puxado" para fora via trilhos inferiores...


"Empurrando" para dentro, o mesmo vai se encaixando à sua posição original...


Nesta foto vocês podem ver um dos trilhos de encaixe...


Radar completamente encaixado...


Lâmina do explorador anexada. Esta peça frontal geralmente é pintada de amarelo.

CONTINUA NA PRÓXIMA ETAPA...

Texto e Fotos:

Eventos | Fórum | Eu Quero! | Mercado de Pulgas | Galeria
Variedades | Como Construir | Dicas | Ferramentas
Lojas no Brasil | Administrativo | Livros | Links

Melhor visualizado em resolução 1366 x 768